sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Dez considerações sobre o natal

1. Tem um lado ruim: tem Simone e Roberto Carlos; Mas tem um lado bom, a certeza de que só ouviremos falar em Simone e Roberto Carlos daqui a um ano.
2. Papai Noel com barba falsa e enchimento de travesseiro me deprime desde a mais tenra infância.
3. Simone cantando "deixei meu sapatinho(?) na janela do quintal" é definitivamente, piada pronta de fim ano. Dá para o papai noel deixar um ônibus no sapatinho dela.
4. Amigos ocultos significam ganhar presentes vagabundos como agendinhas de bolso
5. Confraternização de empresa: oportunidade única de se reunir fraternalmente com que fez fofoca, inventou história e te sacaneou o ano inteiro.
6. Em reuniões de família grande é a ocasião única de ver quem progrediu e quem fracassou durante o ano com base no carro que estacionaram na porta do local de reunião.
7. Eterna dúvida: Jesus ganhava dois presentes mais ou menos ou um presente bom valendo pelos dois?
8. Reportagens sobre o excesso de comidas no Natal, sobre como fazer um ceia gastando pouco, sobre compras de presentes de última hora... eita televisão criativa a nossa! Há décadas fazendo a mesma coisa.
9.Scraps disparados aos montes no seu orkut com a mesma mensagem igual para todos... Fala sério, alguém se sente lembrado com esses "FW para todos de sua lista"?
10. Troca de presentes e pessoas pensando quanto custo o que recebeu e quanto custou o que deu para dali extrair uma relação de superávit ou déficit.

Mas ainda assim, adoro Natal. Momento de lembrar daquele que veio para nos salvar: 
O décimo terceiro.


7 comentários:

Deny disse...

Engraçado que tudo isto acontece todos os anos, bem lembrado por você!

Dei umas risadas, kkkkkkk, principalmente do 9.

Que seu NATAL seja repleto de luz e paz no coração!

=D

Anônimo disse...

kkkk...adorei, muito bom e verdadeiro esse seus "mandamentos" do natal...a Simone, Roberto Carlos, Xuxa e Didi é fim de carreira, só a Globo ainda não "notou"!...kkkk....
Virei sua fã...um cherim e feliz natal da titia bláblá

Anônimo disse...

Adoooorei sua listinha de natal...vc disse tudo, a mais pura verdade...kkkk...virei sua fã, adorei teu blog...cherim da titia bláblá e feliz natal.

Laila disse...

Essa história dos presentes é complicada.
Mas eu, como aniversariante do dia 25, defendo ferrenhamente os dois BONS presentes!
hehehe
ps.: o sapatinho (sic) da Simone foi o melhor!

Flávia Damato disse...

kkkkkkkkkkkkk (potássios rindo)...

Considerações mais do que pertinentes. rs
E quanto a quem progrediu ou não, por aqui é sempre o parente FU**DO - e o de sempre - que solta a "piadinha": "Ou tá (sic) sonegando imposto à beça, ou tá roubando o sogro mesmo", e cai na gargalhada (sozinho). Bom, como quem fala o que quer corre o risco de escutar o que NÃO quer... ouve como resposta:"Que nada! Se fosse assim você teria se dado bem também. O negócio é competência mesmo!" rsrs

Pois é... rs

Bjs!

Yolanda Hollaender disse...

Dei risada com as "desconsiderações" sobre o Natal!
É engraçado, mas muito verdadeiro. E a gente continua comemorando...
Além do "lado bom do 13º", é uma boa oportunidade de fazermos uma boa faxina, pois é um excelente momento para reavaliarmos todas as áreas de atividade em que atuamos e identificar o que está funcionando, o que não está, o que nos é útil e o que não nos serve mais.
Aproveito para desejar uma boa passagem de ano, com alegria e paz no coração.
Meu afetuoso abraço,
Yolanda

Lais disse...

Quando era criança, adorava o natal,mas assim que comecei a entender as pessoas e os relacionamentos,passei a detestar. As pessoas brigam,se chingam, falam mal uma da outra ou então siplesmente são ausentes o ano inteiro, aí chegam as festas de fim de ano,elas ficam naquela hipocrisia de "te amo" pra cá,"te adoro" pra lá e já nao tenho tanto estômago para isso.Tenho apenas 17 anos,será que essa descrença nas pessoas chegou mais cedo pra mim??