quarta-feira, 8 de junho de 2011

Músicas cantadas erradas: o ranking das dez mais

Reconheço que, como minha esposa diz, não ouço bem as coisas e acabo entendendo tudo errado. Mas me limito a entender errado e não repetir, pelo menos, não muito. Por outro lado, conheço gente que entende errado, enche a boca e sai repetindo ad nauseam. Até porque não sabe que está errado até que tirem um sarro da cara dele(a). No campo da música a coisa assume proporções impressionantes e basta um pouquinho de atenção para ver gente cantando “do que a terra, margarida, teus risonhos, lindos campos têm mais flores...”. Tudo bem, vá lá.. Ninguém usa a palavra garrida.. ainda mais "MAIS GARRIDA"... Agora, a palavra margarida tem um uso bem difundido, desde a namorada do Donald até a florzinha. Mas o que me diverte foi o que já ouvi e vi... Cantem comigo e se quiser veja o link para a música certa.

"Se alembra" dessa paixão, faz sorrir ou faz chorar.. (A lenda, cantada pela Sandy e Júnior)
Se o quê??? Ah.. eu “me alembro” sim..

Um novo tempo, “apesar dos amigos” (Novo tempo, Ivan Lins)
Pô.. esse cara tá mal de amigos, hein.

Na madrugada, vitrola rolando um blues. "Trocando de biquini" sem parar.. (Noite do Prazer, Claudio Zoli)
Tá legal... Pra que ficar trocando de biquini sem parar? De madrugada?

"Corri pela ilha", descansa meus olhos... (Sonífera ilha, Titãs)
Correu por onde?

Vai no cabeleireiro/ "No eletricista."/ Malha o dia inteiro. /Vida de artista (Burguesinha, Seu Jorge)
No eletricista... ah sim.

Mas é você que é "mal passado" e que não vê que o novo sempre vem... (Como nossos pais, Belchior)
Então é um bife.

Mais fácil "apedrejar pôneis em Bali" (Se, Djavan)
É. Apededrejar pôneis em Balli não é fácil não..tá rindo de quê?

Vital e sua moto, mais que "um leão" feliz (Vital e sua moto, Paralamas)
Sim. Um leão, mas um leão feliz. olha só que bonito.

Um filme e "atolar num patê" (Tão seu, Skank
Atolar num patê é quase erótico, né não?

Amanhã, às duas horas, "na Finlândia" (Faroeste Caboclo, Legião Urbana)
Esse foi longe... 

11 comentários:

Make Shop disse...

o melhor foi apedrejar pôneis em Bali ahaiuhaihaaa coitadinhos...rs

Beth Muniz disse...

Olá Marcelo,
Isso é que é um saco de gatos!
Realmente eu não sabia que vitrola usava biquíni...
Valeu.
Um braço.

manoel disse...

Ocê tá pensando o quê? Nóis erra mas nóis canta! Quem canta o mar espanta!

Abraços,
Manoel

Mary Miranda disse...

Marcelo,

Trocar letra de música é a coisa mais democrática que existe: todo mundo já fez isso alguma vez na vida... rsrsrs
Eu sou mestra nisso!
Da clássica da troca, a minha 'Troca de biquínis' foi mais longe: 'Na madrugada de bola rolando, bumbuns.../ Trocando de biquíni sem parar...'! Verdadeiro assassinato poético, não? Cláudio Zoli deveria me processar!!!! kkkkkkkk (Mas eu só tinha sete aninhos...)
E o tal do 'mal passado', só descobri que não era bife, quando já estava adulta! rsrsrs
Bem, eu já fiz um post sobre isso!
E, claro, Hino Nacional nem se fala!
Tanto é que o site que trata dessas confusões de letra, se chama Virunduns! ( Adivinha por que? 'Ou Virunduns Piranga'...)

Abração, amigo!
Ri muito com esse post!!!!

Mary:)

Eduardo Montanari disse...

Sou da opinião que quem canta errado deveria ser apedrejado em Bali.

Guta Schneider disse...

Caro Marcelo,

"Trocando de biquíni sem parar" é dose, né? rs

E a Mary tem razão, quem é que nunca fez uma dessas? rs...

Adorei o post!

Beijos,

Guta

Tudo Porra Loca disse...

"Se alembra" dessa paixão, faz sorrir ou faz chorar..

NUSSSS
Esse ainda não tinha escutado

Iseedeadpeople disse...

huahauhauhauhaua, eu nunca entendia a música do Plebe Rude, e cantava: "não é nossa culpa, nascemos já com uma benção, mas isso não é desculpa, PRA EU MALDIZER SEU IRMÃO"

Iseedeadpeople disse...

Outra que eu cantava errado q não tem na lista, do grupo Uns e Outros: "missionários de um mundo pagão, PROLIFERANDO ARCO-ÍRIS LUA E SOL" (o certo é "proliferando ódio e destruição)

Mariana**** disse...

Acredita que eu cantava AMANHÃ AS DUAS HORAS NA FINLÂNDIA? Depois que eu descobri que era CEILÂNDIA.

Carlos Maurício Ardissone disse...

Há também o clássico "Olodum tá rico, Oludum tá pobre". O certo é 'Olodum tá hippie, Olodum tá pop".