quarta-feira, 4 de maio de 2011

Comunidade é a favela pós-moderna

Na onda do politicamente correto, o que antes era chamado de favela ganhou um termo mais nobre, comunidade. Para se entender melhor, comunidade é o agrupamento irregular de pessoas de baixa renda que são, normalmente, esquecidas pelo estado durante o ano todo, mas lembrado pelas TVs na época do carnaval. O puxador de samba começa “Alô comunidade de Vigário geral, alô comunidade de Parada de Lucas, alô comunidade do Capão Redondo” (se não conhece esses lugares, digite no Google para ter uma noção do que estou falando).
É pouco provável que o puxador, no Rio, comece com “Alô comunidade da Barra da Tijuca” ou em São Paulo, "Alô comunidade de Alphaville”, embora quem tenha dinheiro suficiente para aparecer de destaque nas escolas de samba seja o pessoal que mora nesses locais.
É isso, comunidade é a favela pós-moderna que de tanto ser desgastada pela violência, pela falta de saneamento, pelas escolas caindo aos pedaços trocou de nome. Hoje, as pessoas não andam mais por aquelas favelas, mas sim, por comunidades.... desgastadas pela violência, pela falta de saneamento, pelas escolas caindo aos pedaços.. mas com o belo rótulo de comunidade.
Postar um comentário