sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Cérebro by Windows... Amanhã tem saco... sem travar.

Funcionava com um cérebro cujo sistema operacional era uma espécie de Windows. Acordava de manhã e ficava olhando o nada enquanto visualizava uma tela preta e depois uma barrinha monocromática que parecia se deslocar da esquerda para direita. Às vezes, dava umas travadinhas, mas logo voltava a correr. Era sempre assim.
Depois que começava ou inicializava, seguia bem. Vez por outra, tinha dia que travava e não conseguia fazer nada. Mas aí era só dar uma pausa, respirar, dar uma cochilada e, pronto, voltava a funcionar. Se adaptava bem com todo tipo de atividades, não era nenhuma beleza, mas sua capacidade de entrosamento era algo extraordinário.
No fim da noite, desligava e enquanto esperava o sono chegar, olhava uma telinha azul com os dizeres: aguarde, seu cérebro está sendo desligado.
Dormia então o sono dos anjos.
Turned off... till morning..

6 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi, Marcelo!

A foto do post é emblemática: o sistema do computador como cérebro. Aquilo que pensa. O computador não pensa (ainda!). É um executador de tarefa. Quem pensa é o homem. E o homem quando pensa de forma automática se iguala a máquina. Um executador de tarefa.

Hoje eu filosfei mesmo...hehehe...

Abração,

=]
----------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Flávia Damato disse...

Não dá mesmo p/ seguir, praticamente, 24h "ligado"; é preciso pausar d vez em qdo p/ ter o funcionamento da nossa "máquina" a todo vapor (vapor? Nossa, baixou a bisavó aqui), quis dizer "pisar fundo no acelerador" (séc. XXI d volta). rs
Do contrário, é fácil, fácil travar, né? rs

P.S.: Tbm gostaria d "pausar" minha máquina após o almoço, aos sábados, mas não tenho onde esticar as pernas... da máquina. rs
Ai, q inveja! rsrs
Mas a sua merece! Fica muuuuuuuuuito tempo ligada! rs

Bjs!!!

All3X disse...

Oh, tem momentos que digo que fico em modo 'stand by'. Creio que meu sistema operacional biológico seja um 'Windows 95'... tenho momentos que travo sim, e outros que não consigo raciocinar, momentos de branco, e tudo o mais...
Quem sabe não consigo um 'Vista' daqui uns tempos, mas izem que ele também tem seus defeitos.
Melhor então eu procurar um sistema de código aberto, para poder reunir um pouco de tudo que é produzido e ser corrigido por qum quiser fazer alterações.
Será que consigo?...
Espero que até lá já se tenha inventado a tal inteligência artificial. Não, mlehor não, se eu (biológico que sou) já tenho meus problemas e posso ser substituído por uma máquina, imagina quando essa me superar em inteligência?!?!
Abraços,
All3X

Andrea Vaz disse...

Eheheh...Adorei o texto, é seu???

Sempre é bom dar uma pausa pra descansar, pra namorar, pra comer, pra sorrir, pra chorar, pra correr, pra brincar...etc

Gostei muito do seu blog!

Aguardo sua visita:
http://rascunhosdeandreavaz.blogspot.com/

Viviane Righi disse...

Sabe que às vezes me sinto assim? Quantas e quantas vezes, por exemplo, eu estava morrendo de sono e não conseguia dormir de jeito nenhum, com pensamentos incessantes noite afora... Não era insônia, mas um "estado pensante" quase interminável... socorro!

Quando isso acontece comigo, tenho uma receitinha básica para conseguir "finalizar a tarefa" e descansar em paz, totalmente relaxada: envolver meu maridão com beijos, carinhos e deixar que ele resolva o resto!...

Abraços!

Viviane Righi disse...

Sei que o meu comentário foi um tanto quanto "idiota", mas foi o que me veio à cabeça no momento...
Não precisa publicar isso, tá? rs..