quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O que você precisa saber para compor...

Bom, Dorival Caymmi se foi, Vinicius também... e nessa leva se foram Tom Jobim, Cazuza, Renato Russo, Raul Seixas entre outros tantos. Esses desfalques na MPB deixam o time mais fraco e com possibilidade de cairmos de série. Daqui a pouco vai haver tantos desfalques que já somos a MPB, ano que vem, disputaremos a série MPC. Queremos voltar para série A, queremos a MPA... Nós e o Vasco.

Mas nem tudo está perdido, para atender uma demanda de mercado, criamos o Compor é fácil, escreva você mesmo sua canção e faça sucesso. Um livro de auto-ajuda que ajuda quem quer compor e atrapalha quem gosta de ouvir.

Veja alguns exemplos...

Um pagode
Ingrediente: uma rima em –ão, uma em –or e uma em –ento...

Em todo pagode quando você cantar “e ficou a dor, desse grande ....” engate logo algo como amor. E prossiga: “Tive essa paixão em meu ....” Sabe que lá vem “coração”... “Não sei se aguento, esse ....”, sofrimento... Muito bem.. aqui o céu é o limite.

Um funk....
Ingrediente: Três verbos e a repetição silábica adequada:
Quero, quequero, quequero, quero, quequero, quero...
Dança, dandança, dandança, dança, quero, quequero você dançar..
Vai,... vaaaiiiii, vaaaii... (acrescente o movimento do quadril creu na velocidade 2 e aumente progressivamente)... Muita gírias e duplos sentidos...


Um heavy metal
Dispense os ingredientes e grite. Mas grite com vontade! Se você tem um instrumento, esquece essa história de nota e cifra, toque.. toque não, bata, mas bata com vontade nele.Ah... se você tem espaço para pular, pule... Ah sim, mas pule com vontade!


Um samba enredo:
Ingredientes: Tema (libertação dos escravos), palavras-chave (construir nação, negro, escravidão, sofrimento, liberdade), palavras-básica (avenida, alegria, emoção, carnaval), onomatopéias básicas (oooiiii, ihhhh, aaahhhh).

Misture as palavras com o mesmo ritmo de sempre (assista um desfile e entenderá que ritmo é esse). Ao final de cada frase, faça a divisão silábica da última palavra (ex.: e todo essa emoção... E–MO–ÇÃO. Ah sim prefiras as trissílabas... com polissílaba é mais difícil) Onde você não souber o que cantar, acrescente ôôôô... e termine sempre: vou cantando na avenida...

Sertanejo/brega/pop
Arrume uma mulher bem vagabunda, case-se, gaste dinheiro com ela, fique apaixonadinho, leve um par de chifres e um pé na bunda. Escreva um relato rimado com no máximo 60 palavras sobre o que aconteceu com você. Pronto. Agora, cante! Sempre em dupla é claro. É o corno e o amigo do corno.

Atenção! Ao final da frases faça "huuuuuummmm" com a boca fechada... Por exemplo, Meu coração(huuuummmm) ....

Rock Teen/emo
Ingredientes: incertezas, paixões perdidas, tédio e desilusões.

Aí você não compõe nada porque já tem demais disso na mídia. Mas se você curte, ligue o som com um conjunto desse, dance abraçando os próprios ombros na frente de um espelho com os olhos semi-cerrados, ouça, chore, jogue a franjinha para o lado e chore mais. Não se preocupe, sua mãe e seus parentes não vão achar que você é esquisitão.
Nessa altura do campeonato, eles já não acham mais nada... e evitam falar no assunto.

É isso, peça já..

Os primeiros 100 pedidos levam grátis, sem nenhum custo adicional o método “Agogô e triângulo sem mestre” nos níveis básico, médio e avançado...

38 comentários:

Lilian Devlin disse...

É Marcelo, para a série C, a receita de "bolo" é realmente muito fácil e é desse jeitinho mesmo que vc descreveu.E dá o maior medão de que não consigamos chegar na série A, diante de tanta MPC que toca por aí e de tanta gente que se contenta em ouvir coisas assim. Mas ainda existem pessoas de (bom) gosto e por isso, bons aparecem e aparecerão,para suprir essa lacuna que ficou com essas grandes perdas, vamos ter fé!
Um ótimo fim de semana e um abração procê!

André Kaworu disse...

Uma pena a morte do Caymmi, e uma pena maior a situação atual da músca brasileira, ri muito ao ler as técnicas de composição de cada estilo musical rs. abraços e boa semana

Anônimo disse...

aí,eu te vi em uma comunidade la no orkut,mas eu queria saber como faz para sermos parceiros?
Obrigado

http://leandrinhodesenhista.blogspot.com/

BRUNO LEONARDO disse...

Olá,Marcelo
Vim através do Blog da Lomynes...
Olha,dei muita risada com seus posts..gosto desse tipo de texto que possui um humor sutil,mas muito inteligente.Parabéns!
Esse método método “Agogô e triângulo sem mestre" tem garantia de quanto tempo??Não aceito propaganda enganosa...
Vou te linkar para não esquecer de vir aqui!

abração

Anônimo disse...

Acho que já estamos na MPZ e se tivesse uma letra após, pode ter certeza que seria ela.

Quer comprar o meu cd?
Vai ter um pouco de tudo, uns ôôô, umas rimas de amor e dor, uns choros e aquele refrâo sem sentido nenhum que gruda na sua cabeça, é claro.
Mas no fim das contas, é isso que cai na mídia

Pedro Pyratero disse...

super bem bolado isso em! ja pensei em ater começar essa careira de compositor! http://pedropyratero.blogspot.com/

James Bond disse...

Adorei esse livro de auto-ajuda, quero me aprofundar no "funk", como faz, aceita cartão?

Anônimo disse...

kkkkkkkk
Um heavy metal
Dispense os ingredientes e grite. Mas grite com vontade! Se você tem um instrumento, esquece essa história de nota e cifra, toque.. toque não, bata, mas bata com vontade nele.Ah... se você tem espaço para pular, pule... Ah sim, mas pule com vontade!
Essa foi bom ;)

Blog Esponja disse...

huahuahuaha
Legal esse auto-ajuda.
Vai com certeza ajudar muita gente.
Só não vai ajudar os nossos ouvidos. rsrs

Blog Esponja ®
www.blogesponja.net

Carlos Cruz disse...

essa crônica dá samba.

Grupo Saber Viver disse...

Como sempre belos posts, e eu gostaria de tambem avisar que o grupo GSV ( Grupo Saber Viver ) voltou a atualizar o blog que agora esta de cara nova, aviso especial para pessoas especiais. Abraços do grupo GSV

Danilo disse...

Você abordou com muita ironia e humoe um temo que é muito triste. Realmente acho que só poderemos ver o tamanho da falta que esses artistas fazem daqui a alguem tempo.

Karla Hack disse...

E pensa que na grande maioria.. as músicas que hoje atingem a massa podem ser resumidas nestas formas de composição!!
Triste!
E grandes compositores como Caymmi estão mais escassos do que nunca..
Estava assistindo televisão, mais precisamente o programa Ídolos (não me orgulho disto - heheh) mas me chamou a atenção que o candidato chegou cantando uma música dos tribalistas não muito conhecida...
E o jurado pediu que ele cantasse outra.. uma música mais carnívora..
Pq música vegetariana - faz bem mas ninguém ouve - não iam tornar ele num "ídolo"...
Pensar que chegamos neste patmar!!

;P

bjus

Flá Absolut disse...

Caramba que post.... bem inteligente e a abordagem maravilhosa

gostei

Yuri disse...

Hum... É... Do heavy metal... não, eu penso diferente... Poxa se você pegar umas músicas do Sepultura... Pô! Tem letra cara, na boa e decente!
Aí se for levar pra Death Metal, Black Metal...

Agora das outras músuicas mesmo.. hauhua!! A maioria é nesse caminho mesmo!

Mas quando falei de Heavy Metal, não quer dizer que não gsoto dos rocks do Cazuza, Raul Seixas, Renato Russo... Eu gosto sim, mesmo que seja aquelas mais conhecidas, mas eu gosto porque são boas mesmo! E não pra dizer no "faz de conta" que gosto.

É, bons tempos aqueles ali dos 80-90 (Sou de 89, mas pelo que se vê na tv nessas homenagens e tals a gente tem uma palhinha do que era essa época...)


VLW!

Anônimo disse...

Com sua dica vou compor um samba enredo... heheh

Passe no meu blog depois...
Inté.

.Tamara disse...

Simplesmente ameiii...
eu tinha até uma tese sobre o funk:
o cara perde 0,05% de seu tempo.Usa 0,000002% de sua inteligencia.E diz:"eureka,criei uma música!" e alguem sempre pergunta:"como é?",e o outro responde: "créuuuuuuuuuuu,créuuuuuuuu..."...pronto
está feita a música!FIM

Papai do céu...dê inteligencia a eles
por favor!!!

blog disse...

O mais interessante é saber que cantigas de roda são muito mais criativas que a maioria desses ritmos (?) citados por vc.
Triste, triste.
O que nos sobra? Fazer o que vc fez. E será que todos os seus leitores percebem as bofetadas (também chamadas de tapas de luvas...de boxe)?

Espero que sim.

marcela p. disse...

§

Pois é, "Caymmi partindo, e tanta gente ficando..."

Mas acho que tem muita gente boa no cenário musical. O problema é o foco que a mídia dá, justamente, ao que não presta. Contudo, basta procurar que encontramos compositores e intérpretes valorosos.

Se você pensar em quanto lixo cultural foi produzido na década de 80 (já se imaginou cantando "Menina Veneno", por exemplo?) e que todo aquele lixo competia em pé de igualdade com Barão e Legião, vai ver que não precisamos nos preocupar tanto.

O tempo cuida de eternizar apenas quem merece.

§

Camila disse...

Muito bom!!!
Muito irônico,mas infelizmente
isso tudo é verdade.A "nossa" música se reduziu a "pancadões" e letrinhas de muito mau gosto.

Jonatas Fróes disse...

Seremos uma grande potência musical seguindo esses concelhos hehehehe xD~ ... Os franceses já apreciam nossas composições funkisticas. Um dia teremos análises complexas da Éguinha Pocotó no vestibular. Realmente, é fantástico!

[]'s

Musikaholic

neojoy disse...

é meu caro. creio que vc tenha dado os ingredientes certos. mas é pro forró Calypso? ql a receita?

falows ein ;)

All3X disse...

Oh, super dicas, vou querer levar meu Kit agora mesmo, tem direito a brinde?
Estou precisando incrementar alguma coisa..
Ah, mas faltou o Axé, como assim não tem na lista????
Melhor, não, vou pedir devolução do meu Kit! Vou esperar sair o número 2...rs
Valeu, All3X

Jan Träumer (Einmal ist Keinmal - política, literatura, poesia, direitos humanos, reflexões, 1968) disse...

Boa a sacada. Mas essas merdas vendem pq tem idota querendo comprar. Os bons compositores estão ai, mas onde estão os bons ouvintes?

Wander Veroni disse...

Oi, Marcelo!

Tb fico de cara com a falta de criatividade com os nossos artistas mais populares que criam qualquer m**rda e fala que é música...hehheh...a vida de jornalista tá tão difícil q acho q vou querer um livro desses...hehehehe

Abraço,

=]
__________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Ana Lucia Nicolau disse...

boas instruções...
mas esses artistas que se foram, eram pra ir mesmo, um dia todos nós iremos,mas, não é porque alguém muito bom no que realiza se vai que ficaremos desfalcados desse talento.
Ficamos desfalcados da pessoa bacana, mas, talento sempre existirá, um substituindo o outro é a ordem natural da vida.

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

ahsuhauhsuahs


gostei do samba enredo!


ihhhhh ohhhhhhh

ashuahsuhausha


Lucas de Oliveira

Riso Certo disse...

bem escrito...


HAUshuAHsuhASuhUAS


e eh td assim msm...

poucos compositores sao genios...

slim shady disse...

uhauahuahauhaaua.



será que é tão simples assim ?

Flávia Damato disse...

É Marcelo,

C/ tanto "tá lento" musical, o "céu" deve estar sorrindo, já q a banda podre tá ficando aqui na terra... rs

Mas... ao ouvir uma Vanessa da Mata, por exemplo, respiro aliviada por saber q nem tudo está perdido. rs

Bjs!!!

Tio Lillo disse...

Musica boa poucos fazem.

Carolina disse...

Olha, tenho que discordar dessa vez. Segundo pesquisas (??), estas composições são muito complexas. Outro dia mesmo, num site de letras de música estava 'Dança do Créu' como a mais procurada. Está vendo? O povo não acompanha!

Apesar dos esforços para criar composições mais simples, ainda nos deparamos com coisas dotipo 'cuida bem do seu amor, seja que for'.

A única coisa que me atrai no ramo é a possibilidade de fazer dinheiro e ficar famosa. O trabalho intelectual, nem tanto. Já pensei em compor música gospel!

莱蒂西亚 disse...

Putz, eu sou o número 33, quero o meu método "Agogô e triângulo...", hein?
Hehehe Ai Marcelo, as descrições são perfeitas e funcionam mesmo, só de imaginar, a gente já constata. Mas, escuta, essa cena descrita na seção rock teen/emo pareceu coisa vivida, hein? Como foi isso? hehehe
Beijocas pra vc e adoro os teus comments no Babel.
Letícia.

Marina disse...

Hoje em dia, são poucos os que fazem música boa. Mas ainda existem.

Difícil conceber como o apelo sexual explícito agrada tanto o povo, mas parece que é só nisso que as músicas atuais resultam. Talvez porque seja mais fácil de entender a piada quando ela é explicada com todas as palavras e com os termos mais baixos.

A verdadeira graça não dá na vista. Necessita de uma lupa.

Abraço, Marcelo. Morri de rir com as dicas.

Anônimo disse...

eu sou fã de rock old school mas seu post está corretíssimo...

obrigada pela visita lá no meu blog:) ele foi rencentemente atualizado


www.cinta-a-liga.blogspot.com

E é atualizado de Segunda à Quinta:) Espero por sua opnião:) Beijos

Bruno Silva disse...

Cara, o lance o MPB, MPC, MPA, foi uma das melhores coisas que já li nos últimos tempos! hahahaha

Abraços!!
Bruno Silva
http://ladobdocassete.blogspot.com
http://pandegosepatuscos.blogspot.com

Lomyne disse...

Opa, olha aí, uma chance pr'eu ser famosa...

Nattotoza disse...

eu kero um desses manuais... kero ver se fico famosa e já vi a k música brasileira promete