sábado, 26 de janeiro de 2013

Eu podia estar roubando, cheirando cola....

Fasten your seat belt...

Quando comecei a viajar de avião há mais de 10 anos, o pessoal de bordo lhe oferecia refeição e perguntava: carne ou frango? Eles lhe davam essas duas opções como se frango fosse um vegetal. E eu imaginava uma vasta plantação de frangos vista lá de cima. Hectares e e hectares de galinhas d' Angola até onde a vista alcançava. 
Logo, as companhias resolveram cortar os custos e trocaram essa oferta que nos deixava em dúvida cruel e passaram a oferecer sanduíches. A seguir, vieram as barrinhas de cereais. E reduzindo mais ainda chegaram aos pacotinhos de amendoim. 
Recentemente, quando viajo, eles informam que, em breve, comecará o serviço de "venda a bordo"... E passam vendendos coisas, como nos velhos e antigos trens e ônibus das grandes cidades. Acho que devem aceitar até vale-transporte...
Tenho receio que o próximo passo será um dos membros da tripulação passar distribuindo um papel xerocado contando um drama pessoal (o cara é mudo, tem mãe doente, o pai está preso...)  e pedindo uma ajuda. Qualquer ajuda é bem-vinda, Deus te abençoe ... Logo a seguir, quando eu levantar para ir aos banheiro, um deles, com uma toalhina surrada o ombro vai gesticular efusivamente e dizer:
- aí tio, quer que eu tome conta da mala...?

P.S.: por favor inventem logo o teletransporte.

3 comentários:

(La)ize disse...

kkkk
Essa foi boa!

Teresa Cristina disse...

kkkkkkkkkk....e daqui pra frente será de mal a pior, do jeito que estas carroçam voam.

Djair Souza disse...

Isso ai, vamos ressucitar as latas de "frito". Coisa que nos anos 1970/80 era comum em viagens interminaveis de ônibus, e sempre tinha uma família com uma lata dessas de mantimentos que abriam e tome farrofa, de frango, de linguiça... E os que tinham vergonha de levar ficavam morrendo de vontade. rsrs