sábado, 18 de junho de 2011

Caia na real! Você não é o centro do universo

Somos eternos presunçosos. Achamos que há coisa que só acontecem com a gente. Como se uma entidade superior a todos fizesse pequenas coisinhas só para nos sacanear. É algo como Deus acordar de manhã e pensar: Putz, tô sem nada para fazer... Ah, já sei, vou sacanear o fulano. 
Não seja tão pretensioso! Você acha que algum ser mágico e poderoso dedicaria seu tempo para te sacanear por quê? Vai. Me dá uma boa razão. Pois é... não tem. Então pare com essa de "só pode ser de implicância comigo" e entenda algumas coisas:

Quando estamos com pressa, o carro mais lento do trânsito anda na nossa frente e vai para o mesmo lugar que vamos. Além disso, no caminho não há nenhum ponto de ultrapassagem. Acredite, todo mundo que dirige passa por isso algum dia.

Todo mundo que trocar de fila no engarrafamento vê a sua ex-fila andar muito mais rápido do que a que estamos e que tínhamos certeza de que estávamos fazendo um grande negócio ao passar para ela.

Algum dia você reserva hotel, paga pacote, viaja para a praia e chove. Não precisa mentir quando voltar e dizer: olha, lá nem choveu. Só caiu uns pinguinhos no primeiro dia e depois fez um solzão.

Velhinhas que pagam as contas com moedas do fundo de sua bolsa quando você está na fila do supermercado com pressa é um evento normal. Velhinhas gostam de pagar com moedas e gostam de filas de mercado. Você é que está com pressa.

O seu pão e o de todo mundo cai com a manteiga virada para baixo.

Quando se tem dinheiro não tem tempo, quando se tem tempo não tem dinheiro. Isso é uma regra geral. Poucos conseguem burlá-la. Pense que poderia ser pior: não ter tempo, nem dinheiro.

Diz aí.. o que você acha que só acontece com você. Saco de filó ajuda você a entender que é menos importante do que pensa.

Postar um comentário