domingo, 8 de agosto de 2010

Mãe, cheguei bem. Te amo.

[não sou de poesias, mas essa foto ficou tão linda que inspirou]


O que é que você espera mulher?
Espera menino?
Que chega às pressas e estabanado
Derruba as coisas a frente e ao lado.
O que espera mulher?


Espera menino?
Moleque levado que fala enrolado
E torce a língua para falar mamãe?


Ainda esperando mulher?
O garoto sapeca 
Ruidoso da breca
Ou seria levado breca?
Não importa. O fato é que espera menino.


Espera mesmo menino?
Que um dia crescido
Com ar decido e mochila nas costas
Chega e lhe diz:
- Tô indo viajar, mãe. Beijos
 E contrariada, mas resignada
Vê bater a porta.


E então...
Deixa o corpo cair no sofá...
Espera menino
Esperando o menino ligar.

[O nome dela é Camilla, minha esposa, e espera nosso segundo menino. Vai se chamar Bruno.]
Postar um comentário