domingo, 2 de dezembro de 2007

Varrendo para debaixo do tapete.

Pessoalmente, eu abomino todo politicamente correto. Parece-me uma maneira de varrer o problema para debaixo do tapete. A lógica é simples: eu troco o nome e o problema se esconde por trás de um eufemismo. Dinheiro não contabilizado esconde um caixa dois, improbidade administrativa camufla a velha e conhecida corrupção... Escondemos os problemas por trás de medidas e palavras. Escondemos miséria e desigualdade social por trás de programas sociais paleativos, políticas de cotas, aprovações automáticas, mudanças de critérios... se o aluno não atinge o que seria suficiente para sua aprovação, mudamos este mínimo, afinal, abaixo de zero há todo um universo infinito de número negativos...

A primeira parte da solução de um problema é admitir sua existência sem escondê-los atrás de palavras.

Ainda estamos varrendo o problema para debaixo do tapete...

Postar um comentário