terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Tinha um vândalo no meio do caminho

Deu em O DIA
Estátua de Drummond volta a ficar sem os óculos pela 7ª vez.


É o momento oportuno de atualizar Drummond...

No meio do caminho tinha um vândalo tinha um vândalo no meio do caminho tinha um vândalo no meio do caminho tinha um descaso.

Nunca me esquecerei desse acontecimento na vida de estátua depredada. Nunca me esquecerei que no meio do caminho tinha um vândalo tinha um vândalo no meio do caminho no meio do caminho tinha um descaso....

19 comentários:

Anônimo disse...

Realmente uma falta de respeito, um descaso, pior é que provavelmente nunca vão achar o responsável por tal ato.

Rodrigo Piva disse...

Esses atos começam pela falta de patriotismo (que a bem da verdade não temos muitos motivos para tê-lo), mas são causados principalmente pela falta de educação. A mesma falta de educação de um cidadão que joga uma latinha ou papel de bala e toco de cigarro na rua. E termina na certeza de impunidade. Alguém será responsabilizado? Duvido. E assim caminharemos, lamentavelmente.

Abraços

Lucas Fernandes disse...

Marcelo, desrespeitar Drummond é ignorar a mais genuína e autêntica expressão poética nacional. Depredar e furtar coisas que remetam ao gênio modernista é ferir a memória e a cultura de um país, que ainda não se educou o suficiente para exigir respeito de seus filhos e filhas, como relação àqueles que marcaram época e levaram seu nome para rincões além dos horizontes tupiniquins.

No meio do caminho tinha vândalo, um vândalo que, se tivesse tido a oportunidade de conhecer o poeta itabirano, deixaria os óculos e superaria as pedras no meio do caminho.

Abraços.

Trevo sem Folhas disse...

"Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas."
Nunca se esquecerá mesmo pelo grande descaso por este monumento (e outros), a estátua acabou por ficar com a vista fatigada pela falta de seus óculos. Será q roubaram os óculos de nossos governantes também?

Michell Niero disse...

Li recentemente na revista Bravo o quanto estão depredados os monumentos paulistanos, muitos deles com séculos de existência e com grande potencial de atrair turismo a uma cidade que sempre é colocada como feia, cinza, sem atrativos.

Infelizmente, vejo que essa cultura da depredação, do “vou fazer isso só pra tirar uma onda”, também existe no Rio. É esquisito e, pelo menos no mundo lusófono, é uma triste exclusividade brasileira.

Anônimo disse...

Seria uma espécie viral das clínicas oftalmológicas para chamar atenção para a prática das cirurgias corretivas bastante comuns nos dias atuais? rs.

Luizin disse...

É foda o que fazer com o patrimonio cultural do país, o próprio Drummond, representado naquela estátua.


Continue o belo trabalho com o blog! E passa lá no meu que tem um meme pra vc! t+

Laila disse...

Retinas cada vez mais fatigadas, não?
Tenho certeza de que o vândalo que fez isso tem a vista perfeita. Só um míope pode saber o que é ter os óculos roubados.
Marcelo, obrigada pelo elogio e pelo convite! Como moro nos fundos da faculdade vou fazer por onde aparecer por lá sim, embora letras seja a terceira opção na minha lista de carreiras.

disse...

Os 'vandalos' ainda não se deram conta que roubar os óculos de Drummond já não dá mais ibope!!!
Que triste...

Abços

Blog do Sarge disse...

No meio do caminho dessa gente faltou a educação, faltou o senso de respeito, faltou a falta de amor pelas coisas próprias.
E quando no meio do caminho eles acharem uma pedra, não será usada para poesia, então ai de nossos telhados.

Abraço Marcelo.

Ju disse...

Vandalismo vergonhos!

Adorei esse seu espaço aqui!!
Beijos, Ju

Evandro Varella disse...

Do jeito que vão, em breve Drummond descansará em outra parte do caminho.
Abraós

Ellen Regina - facetasdemim disse...

Alguém deve estar faturando alto com esse tira e bota de óculos.

Chega a ser ridículo q se tenha chegado à 7ª feitura de óculos. Um atestado de incompetência para a segurança do local.

Gabriela disse...

Oi Marcelo!!!

Que absurdo... infelizmente temos que conviver com isso e agradecer que foram só os óculos.

Abraço.

Henrique Antunes disse...

Juro que minha vontade era de pegar uma cara desses "de jeito", alias pegar todos eles de jeito...

Debora Martins disse...

De novo!
Isso irrita qualquer pessoa que tenha um pouco de consciência.
Lamentável!

Blog's de Sissym disse...

Temos um país que não é tão patriota assim... que dá valor da boca para fora, porque muitos garotos de classe média também aprontam, eu já vi. Falta ter orgulho do que é nosso. Ele só aparece em dia de Jogo de Seleção Brasileira de Futebol, desde que esteja ganhando.

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

É o total descaso com a memória de Drumond. E o pior que não adianta colocar outro óculos, pois sempre vai ter um safado que vai querer surrupiar os óculos do Drumond.

Wander Veroni disse...

Oi, Marcelo!

Tô aqui me deliciando com os seus textos e pensando no quanto a sua forma crítica, ousada e bem humorada de escrever me fascina. Você já é um colunista em potencial, sem brincadeira. O texto sobre o descaso do monumento do Drummond foi certeiro, poético e no alvo.

Abraço