sábado, 2 de agosto de 2008

Tá, mas não fui eu... a culpa tácita

Há situações na vida que nos impingem uma culpa que nem o melhor dos advogados é capaz de nos tirar. É a culpa tácita. Aquela em que ninguém nos aponta o dedo e diz: foi você, mas aquela em que todos o olham de soslaio com cara de “foi você, hein” Dessa acusação tácita não temos como fugir e qualquer defesa prévia soa como reconhecimento de culpa. Aqui o tal do habeas corpus preventivo é o mesmo que uma confissão.
Veja só...
Você entra no ônibus, no meio da viagem dá um aperto danado, você precisa ir ao banheiro, mas é só um xixi. Você está apertadíssimo e sentado na janela na primeira fileira de poltronas. O caminho é longo e você decide marchar por entre as poltronas até o quartinho dos fundos do ônibus.
Apesar de desviar-se dos olhares, percebe que todos o observam com cara de "olha lá,lá vai o cagão” Você sabe que eles estão pensando e tem vontade de gritar: "gente, é só um xixi! Manda alguém para me acompanhar e só isso mesmo! Fiquem tranqüilos. Todos sairemos bem daqui."
Quando chega lá, está saindo do banheiro com cara de assustada aquele gatinha linda que está sentada logo atrás de você. Ela sorri sem graça e lhe saúda com um leve acenar de cabeça.
Ao entrar no banheiro, você constata que aquele gatinha tinha aparência de princesa, mas intestinos de um ogro e deixou algo à sua espera. Pronto. Se você sair todos vão pensar que foi você. Afinal, aquela coisa linda.. ah... não, nem pensar! Você faz um xixi balançando com o movimento do ônibus enquanto respira sofregamente pela boca.
Ao abrir a porta do banheiro, todos o olham com um ódio mortal. Você e o maníaco do parque são dignos da mesma pena. Uma velhinha que caminhava para o banheiro desiste no trajeto, uma criança que dizia que queria fazer xixi, muda de idéia subitamente. E você caminha até sua poltrona sob as acusações tácitas. A mocinha ceramista agora dorme com menos 2 Kg de peso (só falta um adesivo QUER PERDER PESO? PERGUNTE-ME COMO) e você caminha com 200 Kg de ira e revolta sobre você.
Vai explicar o quê?
Dessa, nenhum advogado te livra.
Sentado na sua poltrona você pensa resignado: cagona desgraçada!

42 comentários:

Gustavo Ganso disse...

uhahuahu, muito engraçado, gostei da explicação da culpa tácita. Acredito que todos temos uma situação como esta, e muitas delas, também de certa forma escatológicas. Lembrei de um outro texto que falava de situação tão constrangedora quanto: o exame de fezes, eu nunca fiz, mas deve ser estranho.

Agora todos pensam que eu disse isso só para livrar minha cara. =D

Às vezes deixo de comentar, mas não deixo de passar aqui.

até
Gustavo Ganso

André Kaworu disse...

OLá, essa culpa tácita do banheiro é a pior de todas com certeza, já pasei por ela algumas vezes rs é engraçado como vc fica com vergonha de algo que vc nem fez e todos te culpam por isso rs. abraços e boa semana

Rosangela disse...

Marcelo ja te disseram que vc daria um ótimo humorista? Puts, to rindo muito aqui! Me lembrou uma postagem do Nizo Neto no blog Atrocidades, muito engraçada também!
Como sempre vc se supera, parabéns!

Kaique S. T. disse...

Muito engraçado!!!! rs...

Anônimo disse...

Você é um tem um bom humor. kkkkk. Rachei de rir

Renatinha Araújo disse...

sauhsahusahuashashusa coitado do cara... é por isso q eu nao julgo ninguém pela aparência =P sahuashuasuhsa
Beijinhuuuss!!

Anônimo disse...

Oi...
Te indiquei a um blog que me dá asas, lá no meu blog.
Passa lá e pega...

Blanca disse...

AMEI o post. Pensei que fosse mas um daqueles blogs com posts sobre um assunto "nada a ver", mas não era! E é assim que a gente passa a não julgar as coisas pela aparência. rsrs. Ah, e se puder, visite o meu blog? www.altosbaixos.zip.net Beijos!

Wander Veroni disse...

Oi, Marcelo!

Antes de mais nada, adorei o comentário que vc deixou lá no blog. Para mim é um honra tê-lo como leitor pq sei da qualidade de argumentação q vc tem. Admiro isso!

O post de hj está sensacional. Uma crônica excelente, daquelas da gente ler e reler para "cagar" de rir, no bom sentido...rs. Lembrei do Veríssimo. Não pelo estilo, q isso vc tem de sobra, mas pelo tom bem humorado do cotidiano.

Tem post novo lá no Café. Depois passa lá, ok.

Abração e bom fim de semana!

=]
_______________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

André disse...

KKKKKKKKK...
Adorei a parte do "Quer perder peso? pergunte-me como", realmente ninguem iria pensar que aquela moça bonita iria fazer tal estrago (e o pior que tem mulheres que são lindas, mas quando estão no sanitário, fazem um estrago...) e não tem nada que faça os outros mudarem de idéia, vc só se livra daqueles olhares acusadores quando finalmente descer do onibus, oh vida injusta...

Bruno disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
cara eu to morrendo de rir aqui em casa!!
Muito bom mesmo!

Luciana disse...

hahaha, acho que todo mundo ja foi acusado injustamente rs, nao so por isso mas tbm por coisinhas do dia a dia que acabam nao entregando o responsavel rs


gostei

Hector disse...

shuashuas d+ seu blog

os posts são d+

essa ultimo é a pura realidade e muito engraçado

UNDERGROUND disse...

Não há nada pior do que as acusações tácitas mesmo...uahhahahuauhauhuahhua
^^
flw!

kamilla disse...

caraaaca, muuuito engraçado. Fiquei com pena do cara. parabens! ;)

Rafael Tupiná disse...

heaheahheaheaheahe

mt bom!!!

parabens

DuDu Magalhães disse...

Eita!

Eu não jugo ng pela aparencia, pois, se fossem me julgar...

Alê disse...

Olá, passei só pra dizer que recebi dois selos pelo meu Blog e estou repassando para os Blogs que considero mais interessantes, criativos e inteligentes...o seu tá lá...dá uma passadinha no meu blog e veja o post!!!

Parabéns!!!

Abraços...

http://blogdale.wordpress.com/

Conquistadores (Didixy) disse...

Simplesmente hilário. É exatamente isso mesmo que acontece. Eu evito o máximo, pq nunca sei o que me espera dentro de um banheiro. Eu ri muito da história, mas é verdade. Essa, eu quero ver algum advogado te livrar.

Anônimo disse...

Muito engraçado este post, as vesez passamos por cada situação que é só DEUS para nos livrar. srsrrssrsrrsrsrssr

Marcelle e Morgana disse...

Hahahahaha,
muito bom,
mesmo, seu texto é bem legal,
bem engraçado,
cara não perca o senso de humor nunca,

hahahaha, fico feliz por não passar por essa culpa ae, afinal eu sou a mulher ;]
só não sou cagona !
hahahahahaah

passa lá no meu blog qdo tiver um tempinho, ^^

Beeijo

Leonardo Dognani disse...

hahahahahahhha

muito bom!
xD

mas aí é que se encontra a diferença entre pessoas, por exemplo: não sinto culpa de fazer nada, nem quando dou AQUELA cagada num onibus de viagem, mesmo q nego fique "bolado" eu rio rsrsrs aí que vem o paradoxo: todos fazem isso, só q preferem que outros não saibam.
=ppp
éssoas são doidas hahaha
xD

abraço.

Cristiane F. disse...

Pior que geralmente as janelas dos banheiros dos onibus de viagem são lacradas, não dá nem para deixa-la aberta, esperar um pouco. . .Certa vez estava indo ao Rio de janeiro e um rapaz sacou um desodorante "Cachemir Bouquet" piorou a situação . . .Bjks

Stanley Marques disse...

Ei, ótima postagem!! Realmente, nessa situação prevalece: "É culpado até que se prove o contrário".

Antologia Racional
http://www.antologiaracional.com

Alcione Torres disse...

kkkkkkkkk
Realmente, a situação é bem essa! Ninguém nunca vai acreditar que era só o nº se veio aquele cheiro horroroso de lá! rsrs

http://sarapateldecoruja.blogspot.com/

fábio C. Martins disse...

HAUhUA... Muito bom!
Agora minhas aulas de direito serão bem mais aproveitadas!

Não há beleza que vença a verdade: Mulheres também fazem serviço sujo!!!!

Abraços
_________
Folhetim On Line

Lucas Fernandes disse...

Marcelo,

Sublime essa crônica sobre culpa tácita. Como disse o Wander: é para "cagar" de rir. Mais do que bem-humorada, ela é útil para explicar inúmeras situações cotidianas. Quem dera que essa história se aplica-se ao pessoal de Brasília, que anda fazendo cagada desde que a cidade foi inaugurada. Parabéns!

Te fazer um convite. Conheça o blog Sem Fronteiras.
___________________________________
http://semfronteirasnaweb.blogspot.com

Abraços.

Reporter x disse...

kkkkkkkkkkkk
já passei por iso =x

... disse...

Esse não é lá o tipo de culpa que me afligiria. Até porque como foi num ônibus, dificilmente se verá aquelas pessoas novamente. Mas, em compensação é chato o quão o povo tem mania de esteriotipar seus semelhantes.
Abraço!

Anônimo disse...

Vim aqui por indicação do orkut e adorei! Muito bom!

Visite meu blog e comente se gostar! ;)

Feijão com Nutella
http://feijaocomnutella.wordpress.com

Abs
Feijão com Nutella

Veiga disse...

HAUshUASHuHASuHASUhUASHuAS

boa!!!

HAsuhAUshuAS

Erich disse...

Comigo aconteceu de uma ruivinha de uns 7,8 anos ,,, entrou no banheiro do avião antes de mim e lógico que ninguem acreditou que eu só fui fazer xixi né....

neojoy disse...

Huhuhaehuaeuae. Adorei. Muito engraçado. Nunca aconteceu coisa parecida comigo, mas por essas e outras que sempre puxo a descarga assim que eu entro no banheiro. Pra não fomentar essas dúvidas sobre a minha pessoa. Heheauaehae.

Falows meu caro. Se vc puder expor sua opnião sobre o meu blog eu agradeceria muito.

www.aveiacomunicadora.blogspot.com

Estou precisando de boas dicas pra fazer um bom trabalho. Fique de boa e uma ótima semana

Jonatas Fróes disse...

Huahuahauhaua... Muito engraçado! Acho que todo mundo já passou por situações semelhantes. Viajar sempre trás suas surpresas, seja de ônibus, avião, com os amigos e tal. Já aconteceu comigo de ir ao banheiro depois de uma menininha, que deveria ter uns 7 anos no máximo. Mas puta merda! Cagou feito um homem de 200kg. E lógico, eu fiquei com a fama depois...

[]'s

http://musica-holic.blogspot.com/

Flávia Damato disse...

rsrsrs
É sempre um ganho d tempo vir aqui e ler as suas "sacadas" (espero q, p/ vc, não seja um "saco" ler comentários como este) rs. É, de fato, um IMENSO prazer.
Vc é per-fei-ti-nho!!! rs


Abç!!!

Levy Lopes Furtado disse...

CAra, achei esse seu post hilário. E vc reitera uma constatação que tenho há muito tempo. Mulher quando vai no banheiro deixa a coisa muito mais podre do que homem. Percebi pelo seu blog que vc não tem muita paciência com os comentários mas deixar eu te contar como cheguei a essa conclusão: Anos atrás trabalhei em um retiro espiritual com uma equipe limpando os banheiros dos homens e das mulheres. O banheiro das mulheres era muito mais sujo!!!! Teve uma até que jogou absorvente usao no vaso. QUer coisa mais porca?

Abraço
http://minhavisaodascoisas.blogspot.com/

Danilo disse...

kkkkkkkkkk

pelo menos o personagem do texto já tem um assunto pra falar com a garota!

ED CAVALCANTE disse...

SEU POST, ANTES DE SER ENGRAÇADO, É INTELIGENTÍSSIMO E BEM ESCRITO. DARIA UM ÓTIMO QUADRO COM O LUIZ FERNADO GUIMARÃES. MANDA PRA GLOBO!

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Ah, todo mundo caga, mas nem todo mundo é burro de achar que gente bonita não tem cu.

Nany disse...

Uia!!!! amei...rsrsrsr

carla m. disse...

Nossa, genial!

seu estilo de escrita é delicioso, faz com que nos sintamos um pouquinho menos humanos, um pouquinho mais deuses, rindo da desgraça alheia!

e é tão bom rir da desgraça alheia!

pena que dois minutos depois a gente lembra que já passou por algo semelhante, rsrsrsrsrs.

beijo!

Carlos Cruz disse...

que situação de merda...


hehehe.