segunda-feira, 30 de maio de 2016

Contos eróticos, duendes e outras lorotas...


Ainda tem gente que acredita naquelas historinhas de um cara cujo carro quebrou subitamente numa região afastada. Então, o sujeito foi procurar ajuda numa casa encontrou duas loiras lindas e ninfomaníacas de seios fartos, usando roupas ínfimas que o convidaram para entrar. Daí ,você sabe o que rola: sexo selvagem entre os três até o dia amanhecer.
Acho que as pessoas que relatam suas experiências eróticas para sessões de contos em revistas ou na internet carregam nas tintas demais. Se fizessem por menos, dava para levar mais a sério.
Vai, me dá uma razão para duas loiras lindas ninfomaníacas com roupas ínfimas me receberem à porta, me convidarem para entrar e subitamente me beijarem e transarem loucamente até o dia amanhecer. Atenção! Elas nunca viram o cara e nunca mais o verão novamente. Tudo isso do nada.. mera simpatia.

Tenho a hipótese que depois de uma experiência traumática entramos em um processo de negação contínua para superarmos o evento. Sabe, a criança que perde o pai e fica perguntando quando papai volta apesar de saber que ele não volta e não aceita que digam isso.
Na verdade, acho que o cara do carro quebrado passou pela seguinte situação: o carro pifou, ele foi procurar ajuda, encontrou uma oficina mecânica suja e fechada cujo dono era um tal de Tonhão. O cara era barrigudão, meio careca, cheirava a cebola e querosene. O mecânico achou um monte de problema que o deixou apavorado. Cobrou uma fortuna e enquanto ele pensava na grana em que ia morrer, via duas loiras em um pôster desbotado da PIRELLI da década de 80 colado na parede da oficina. As loiras eram lindas, tinham seios fartos, usavam roupas ínfimas e pelo risinho deveriam ser ninfomaníacas.... Ahhh (suspira)
- Aí patrão. Foi motor de arranque, mas tem um primo meu que mora aqui perto que tem um ferro velho...O sonho é interrompido.
- Aí patrão... tem pobrema de ser o do meu primo...
Nessa altura do campeonato, de que adianta alguma coisa ter pobrema?Quando o gordão der um mole.. roubo o pôster dele e escrevo um conto erótico quando chegar em casa... Pensa com olhar fixo no parede e cheio de idéias.
Assim nascem os relatos sexuais de internet e nas revistas masculinas.

Em tempo: Essa conversa acima é coisa de homem...mulheres são mais criativas e bem melhores na arte do conto erótico.
Postar um comentário