quarta-feira, 23 de julho de 2014

A vida é uma novela

Só assisto a novelas às quarta-feiras e percebi que a Globo segue uma lógica básica desde sempre. Agora, ainda insere de uns anos para cá mais um horário de novela do fim de noite que serve para atrasar mais ainda o Jornal da Globo e colocar o programa do Jô de madrugada. Considerando que o Jornal da Globo mostra as mesmas coisas dos outros jornais e que o Jô é chatinho pra cacete. Acho que é uma maneira de nos poupar dessa programação raspa-do-tacho. Mas veja só...

De tarde
Novela velha que passou há um cacetão de tempo e vai ser assistida por gente que, com certeza, não tem nada para fazer. Aí eu penso: olha, o fulano, novinho nessa época. Pensamento bem óbvio esse.

Novelas das 6
Ou é de época ou é um troço completamente sem noção com personagens com roupas coloridas em uma história que acharíamos legal para caramba se tivéssemos uns 7 anos de idade. Fico pensando o que o Antônio Fagundes não teve que fazer para abrir um espaço par ao filho dele na TV.

Novela das 7
Jovenzinhos, modernidade, clima de aventura. E a geração Facebook finge que entende alguma coisa de computador. Tom meio engraçado... E eu fico pensando que engraçado é um conceito relativo pra caramba. #engracadodeculerola

Novela das 9
Tramas polêmicas, exposição de péssimos exemplos de comportamento social e a Globo tentando empurrar goela abaixo um casal gay qualquer de alguma forma. E aí eu penso: pelo menos a Globo não aderiu a ideia de coisas como zoofilia. Detestaria ter que ver um romance entre um cara e uma vaca só porque ele é fissurado em tetas grandes.

Novela das 10
Remakes densos de histórias velhas e com atrizes que na primeira oportunidade mostram o peitinho. Sophie Charlote mostrou o peitinho em O Rebu. E eu penso que no caso dela o SUS deveria bancar uma implante de silicone. Já vi camaradas com mais peitinho que ela.
Ainda bem que só assisto a flash de novelas um dia por semana...

Admiro quem tem estômago para assistir a elas todos os dias.


  
Postar um comentário