segunda-feira, 6 de junho de 2011

A capacidade de mobilização em prol de uma cidade

Em 22 de janeiro de 2011, a revista nrote-americana Newsweek publicou uma reportagem sobre cidades nos EUA que apresentavam um declínio de população. Entre elas havia a cidade de Grand Rapids no estado de Michigam. Concluía o repórter: Grand Rapids not just sick, it's dying, Grand Rapids Não está só doente, está morrendo. 
Em tempos de tribunais em moda, cabia um processo de danos morais que alegasse que a cidade sofreu um dano de imagem que gerou um prejuízo de milhoes de dólares. Isso sem falar em milhares de cartas e emails desaforados para a imprensa e, por fim, a declaração da jornalista que escreveu a matéria como “personna non grata” pela câmara de vereadores.
Entretanto, não foi isso que aconteceu. No último dia 22 de maio, eles mobilizaram recursos, patrocínio e muitas pessoas e setores da cidade para fazer um clip da música American Pie, de Don Mc Lean (um clássico dos anos 60). Li no kibe loco e fui atrás de mais informações sobre o clipe. Fiquei impressionado com a capacidade de mobilização deles.
Em um anti-americanismo completamente fora de contexto são tecidas milhões de críticas aos americanos. Crítica de muita gente que nunca botou os pés nos EUA e só fala do que ouviu falar. Quando estive lá aprendi que era um país como qualquer outro, cheio de qualidades e defeitos. Porém, duas coisas me chamaram atenção: eles possuem um senso de coletividade e uma capacidade de mobilização que talvez nunca vejamos por aqui.
Fiquei com vontade de conhecer Grand Rapids.
Experience Grand Rapids.. It sounds great now...

Vale a pena assistir

Postar um comentário