quinta-feira, 31 de março de 2011

O mundo todo evolui, menos máquinas de fliperama

Estive com meu filho de 3 anos outro dia em um fliperama de shopping, coisa que já havia um bom tempo eu não fazia. Ele ficou encantando com as máquinas de carrinho, sentou, mexeu no volante, passou marcha, mas não conseguia alcançar os pedais. Ainda assim, divertiu-se bem ao seu modo. Com ele distraído, tive a oportunidade de prestar atenção que praticamente todas elas eram daquela marca Konami ou Sega e datavam de 1994, 1995.. A mais atual era de 1999. Aos poucos notei que os gráficos eram barbaramente toscos com os pixels a vista, som de baixa qualidade, tudo em uma tela de 29 polegadas das TVs antigas. E tinha uma galera na fila para pagar 2,50 para jogar uns 3 minutos naquilo. Fiquei  pensando o que leva essa galerinha da geração PSP3 brincar com aquele game jurássico. Talvez a mesma coisa que leve a pessoas da geração mídia digital a comprar discos de vinil, Saudosismo. 
No caso do meu garotinho, é o desconhecimento de que há um mundo mais interessante do que aquele monte de pixels tosco numa tela velha de TV...

P.S.: Mas sabe que deu saudade do meu Atari...


5 comentários:

Marcus "HEAVY" disse...

Opa, meus sentidos nerds tilintaram aqui! Já escrevi um artigo sobre esse tema no meu blog tb. Tipo, esses jogos antigos ainda são muito bons. Muito jogo de luta dos anos 90 é bem jogado até hoje. Mas o fato é que o advento das lan houses e a facilidade de comprar um videogame (que antigamente era artigo de luxo) mataram os arcades com o tempo. Os arcades evoluíram, mas todos os fatores citados acima fizeram com que ficassem restritos somente ao Japão. Hoje em dia, onde é possível jogar online, sem precisar sair de casa a situação fica ainda mais precária. Nada substitui uma boa e velha jogatina ao vivo, rindo com os amigos e disputando com a galera do colégio rival no fliperama, mas infelizmente os tempos são outros.

Rart og Grotesk disse...

rsrs tem pessoas que gostam de coisas antigas, aliás, algumas nem ligam se o jogo é antigo ou não, o que importa é a diversão!

Se quiser, conheça meu blog de arte obscura http://artegrotesca.blogspot.com
bjs

Eduardo Montanari disse...

Eu sou muito nostálgico, gosto de coisas antigas e fliperama é uma delas. Tenho aqui no meu PC emuladores com vários jogos de games antigos, Atari, Sistema Mestre.
Acho legal essa conservação de certas coisas do passado. As vezes a modernidade chega a ser chata.

Marcelo disse...

Eduardo,

Eu também penso o mesmo..rs
Abs

Jedi Visconti disse...

É bem verdade que o Atari é insuperável, a boa notíca pra galera que está acima dos 30 é que a Informática evoluiu, e com ela trouxe os "Emuladores", e para surpresa Geral, Há um do Atari, com todos os jogos, eu te sugiro dar uma garimpada pela NET, e encontrar um Link com este programa para Download, o nome dele é STELLA, e acredite, roda todos os jogos do ATARI que você imaginar, até aquele do quadradinho que matava uns dragões toscos, "Adventure", é ver para crer, talvez o seu menino vá se encantar com os gráficos eletrônicos de nossa época, experimente, um abraço.