sábado, 23 de outubro de 2010

Serra ou Dilma: a guerra dos emails..

Em tempos de campanha presidencial eu me assusto com o número de pessoas que, entra ano, sai ano, assume a coisa como uma questão pessoal. Outrora com os adesivos espalhados por todos os lados, hoje pela internet através de arquivos de Powerpoint, emails-corrente, piadinhas, comparações absurdas, eles buscam levar a todos os cantos a palavra de fé de seu candidato. Algo como aquele que crê em Serra (ou Dilma) viverá. Há muitas pessoas próximas que eu considerava primarem pelo mínimo de bom senso e racionalidade e que me surpreendem com email, muitas vezes, em tom ameaçador de vote em Dilma, pois Serra é do mal. E de outro lado, vote em Serra, Dilma é do mal. Faltam argumentos inteligentes e sobra passionalidade nesses emails, isso, de ambos os lados. Muitas pessoas infestaram seus orkuts com os nomes Dilma ou Serra nas suas fotos de perfil ou em seus álbuns e espalharam frases que refletem sua paixão pelo seu candidato, como se isso, certamente a fizesse uma pessoa melhor, ou pelo menos diferente.
A princípio, essas pessoas que encaram a luta por seu candidato como uma cruzada contra os infiéis me davam a impressão de que eles me achavam um completo imbecil manipulável. Quando comecei a ler que no final dos emails vinha sempre uma determinação para repassar para todos de minha lista passei a ter certeza que eles me consideravam um imbecil manipulável.

Quem vai ganhar? Não sei. Quem vai perder? Os de sempre.. nós, eleitores.

Postar um comentário