quinta-feira, 1 de julho de 2010

Que me desculpe povo "Teen", mas Crepúsculo é uma porcaria.

Estreia nos cinemas o mais novo episódio da saga Crepúsculo que promete, assim como os anteriores ser uma porcaria. Poucas vezes, fui tão direto ao ponto em um texto, mas não consigo me conter diante dessas fórmulas batidíssimas de romance gótico teen. Sinceramente, não encontrei as meias palavras. É ruim pra caramba... No primeiro, aquela cena em que a menina é socorrida pelo vampiro "The flash" de ser atropelada por um carro me arrancou risadas ótimas. Só que, creio eu, a ideia dos autores não era ser cômico. Mas enfim.. Outro dia fui entender o porque de parecer tão patético para mim e ser um sucesso entre o público adolescente quando lia um artigo sobre os conflitos na adolescência.
Na verdade, os personagens do filme, vampiros, atuam fortemente no imaginário dos jovens, pois representam o estereótipo da exclusão, do outsider social. Uma sensação comum nessa época da vida. A força, a imortalidade e os superpoderes são uma projeção de sentimentos que temos, muitas vezes, inconscientes nessa fase da vida onde tudo é intenso, somos imortais, incompreendidos, marginais de uma infância que nos deixou e de uma vida adulta que ainda não nos acolheu, Vivemos em um espécie de limbo etário. O vampiro é a constituição plena de um alterego do adolescente, daí toda as paixões despertadas por esse tipo de produção cinematográfica. Isso me ajuda muito a entender as coisas...
O que não faz com que eu deixe de achar a saga uma porcaria... eu, um homem de quase 40 anos, mas o eu, um adolescente de 16 acha o máximo... 
Postar um comentário