quinta-feira, 29 de abril de 2010

Nonsense – propaganda tosca – gente dançando no balcão

A nova propaganda da CAIXA me incomoda pelo seu nível de nonsense. Entendo um banco como uma empresa que vende contas correntes, seguros, poupanças, investimentos diversos, títulos de capitalização, oferece dinheiro emprestado... enfim, presta serviços financeiros. A antiga propaganda dos poupançudos tinha tudo a ver pois era a venda de um produto: a poupança da CAIXA.
Agora, gostaria que alguém me explicasse em que acrescenta na venda de produtos um monte de gente com roupa igual dançando em cima de um balcão. Que coisa mais tosca! Aí poderia se argumentar que é uma propaganda de imagem institucional e não de produtos. Eu repito a pergunta: o que acrescenta à imagem da empresa um monte de gente dançando com roupa igual em cima de um balcão?
Se vocês encontrarem alguém que falou: Nossa, aquele monte de gente dançando com roupa igual em cima do balcão da CAIXA me deu uma vontade de comprar seguro e abrir uma poupança lá... Eles são tão simpáticos, veja as pessoas dançando com roupa igual em cima do balcão...
Interna o cara.
Ou fica na sua que é alguém da equipe que fez a propaganda e se você fizer algum comentário vai dar um baita fora.

8 comentários:

Tiago disse...

Eu até tuitei (o verbo mais presente na minha vida atualmente) sobre isso um tempo atrás. É a moda do flash mob, fizeram uma propaganda que é, basicamente, um flash mob fake gravado em estúdio.

Marcos Costa Melo disse...

Essa é ridícula mesmo. Infelizmente, não está sozinha, outras tantas são tão ruins ou ainda piores.

Ultimamente, tenho odiado várias. Uma é aquela da Vivo, que ficam tentando arrumar flores de tudo quanto é canto para fazer um buquê e quando a porta da igreja se abre o que mais se vê são flores dentro dela.

abs

Cícero R. C. Omena disse...

Certamente o atendimento da Caixa é bem pior do que seus comerciais. Se a CEF que passar a imagem de um bom banco, está fazendo propaganda enganosa.

Saudações!

Alcione Torres disse...

Eu te digo que quando entro na Caixa para ser atendida não me dá vontade de subir no balcão e ficar dançando, pois o atendimento é péssimo!
Esse comercial é tão esquisito quanto o do governo sobre o cara que adora ser mesário nas eleições!

Keila Bergone disse...

Realmente essa propaganda não combina com uma empresa de grande porte como a Caixa.Foi uma péssima idéia trocar os pançudos, eles transmitiam mais segurança para o cliente.

Laila disse...

É como aquele slogan do Unibanco ("Nem parece banco!"). Por que raios alguém iria querer ter conta num lugar que não parece banco?

Anônimo disse...

Eu sempre falei isso, gente, mais alguém reparou naquele comercual tosco! AUhauhaa

Zergui disse...

Dizem que perguntar não ofende. Por que a Caixa precisa gastar fortunas em publicidade? O mesmo valendo para outras instituições governamentais?

Será que não estariam "coagindo" os meios de comunicação a somente divulgarem notícias alvissareiras a esse governo estranho (afinal o Sr. Da Silva está sempre viajando, é um turista, um estranho).

Me parece que está havendo um desperdício de dinheiro público.