domingo, 3 de maio de 2009

Papo de dentista


O rapaz chega na sala de espera. Na parede, quadros baratos, um sofá, uma música ambiente... uma mesinha com uma pilha de revistas de fofoca. Até hoje não entendo por que dentista acha que todo mundo se interessa pelo novo namorado da Ana Maria Braga e das férias da Suzana Vieira em Itaparica. 

Aguarda, aguarda... A porta se abre.

- Bom dia!

- Bom dia!

- Vamos entrar?

Acomoda-se na cadeira. Abre a boca. Prepara-se psicologicamente, pois, daí para frente, alguém assumirá o controle de seu maxilar, de sua salivação e falará coisas que, para quem está do lado de fora, se ouvir, vai pensar mil coisas (“olha, eu vou colocar, se doer eu tiro”, “relaxa que eu vou dar só uma picadinha lá no fundo...”). A conversa começa.

- E aí, tem visto o fulano (um conhecido em comum)?

- agrunfunfgn...

- É. Eu também não tenho visto há um tempo.

- ghurnerghh

- É mesmo. E você também está trabalhando fora?

- rgunoooorgue

- Ah.. ta. É. Aqui não tem muito campo.

- greunhunooonuun.

- É mesmo. Eu sempre falo isso para o meu filho. Mas garoto novo não ouve mesmo.

-gruuuuughuennuumm

- Ah.. deixa eu colocar um sugador aqui.

- huuummm

- Bom, eu vou começar. Se doer você fala que eu tiro.

- huum?

- Mas é isso aí.

- adredgunhiuen...

- É eu penso assim também, conclui o dentista.

 

E a conversa segue por mais uns 30 minutos entre um homem de branco e alguém que, aparentemente, domina um idioma alienígena.

O dentista termina, retira os objetos da boca e te libera para vagar com a boca dormente mundo a fora e, ocasionalmente, mordendo o próprio lábio sem sentir.

Experiência sempre bizarra.

 


10 comentários:

Ropiva disse...

Esse é um dos maiores mistérios da humanidade: por que o dentista insiste em conversar com a gente mesmo sabendo que estamos impossibilitados de responder? hahaahha

Abraços

Marcus "OROCHI" disse...

Pior que isso me lembra da primeira vez q fui arrancar os cisos... tomei tanta anestesia que passei o resto do dia grogue e vendo os membros do Kiss dançando polka com jacarés roxos voadores... assustador...

All3X disse...

Por favor, me diga: alguém já disse a um dentista que o paciente (paciente mesmo) não está muito interessado m conversar nesse momento. O sujeito me faz algumas perguntas às vezes que não se limitam a um 'sim' ou um 'não'...
Mas vou contar hein...
Valeu Marcelo,
All3X

Aline Dias disse...

experiência bizarra, desagradável, que dói e deixa gosto ruim na boca.
se não fosse tão necessário!

paulo cesar disse...

Relato absolutamente correto, é isso mesmo que acontece no Dentista. É sempre a mesma coisa, será que na Faculdade eles passam por um mesmo estágio todos que fazem Odontólogia e aprendem as mesmas coisas? O assunto deles são os mesmos, as revistas da sala de espera são as mesmas, os papos e tal. Eu particularmente tenho pavor de dentista, mas quando preciso de ir eu vou em uma dentista ela é lindaaaaaaaaaaa de morrer huhauhauhbauahauahauaahauahau;já pensou uma loirinha de 20 e poucos anos tratando dos meus dentes? E mais, a melhor parte é quando ela 'desatenta' no afã de uma anestesia deixa os seios a mostra para meu deleite, mesmo passando por intensa dor, huahauhauahaauahahaaha

Aguardo sua visita ao meu Blog

http://pcsouzabv.blog.uol.com.br/

... disse...

Eu morro de medo que alguém venha me inquirir sobre a vida dos famosos, pois só me atualizo sobre isso quando vou a algum médico. O problema é que revista de consultório médico é aquela: a mais nova é de uns 4 meses atrás, uns 5 namorados anteriores da Luana Piovani.

Dani Antunes disse...

O mais chato dos consultórios de dentistas são as secretárias mal-comidas! #prontofalei

Com essa reforma ortográfica nem sei mais o que leva e o que não leva hífen...rs

Adriana disse...

Olá adorei o post, estou passando por uma situação assim no momento e é exatamente isso.

Parabéns pelo blog

Catarino disse...

Essa é muito boa e retrata a realidade, todos os dentistas são iguais a taxistas, sempre querem conversar.
Eu nem tento responder, eles ficam falando e eu fico quieto.

Carlos Naves disse...

Impressionante como este post retrata uma realidade absoluta. Todo dentista é assim...rs.