sábado, 7 de fevereiro de 2009

E quem manda o Abelardo embora???

Aberlardo era funcionário público e, efetuados os descontos, ganhava R$ 3.346,46 por mês para ser responsável por um setor de sua repartição. Se chegasse atrasado, receberia R$ 3.346,46 já com o IR retido na fonte. Se faltasse, vez por outra, receberia R$ 3.346,46. Se tirasse dúvidas de forma atenciosa e correta, receberia R$ 3.346,46, mas se não o fizesse... receberia o mesmo. Se fosse altamente eficiente em seu ofício, receberia R$ 3.346,46, mas se não o fizesse... receberia R$ 3.346,46....
Em nome da pessoa que ele mais amava na vida, ele mesmo, e para evitar o estresse e outros desgastes que encurtam a vida, Abelardo, olhava a por cima do monitor de computador enquanto terminava mais uma partida de paciência no PC.
Se terminasse aquela partida ganharia R$ 3.346,46 e se não terminasse, também.
...
Abelardo fazia cara de preocupado olhando para a tela do computador... não conseguia achar um maldito seis de ouro.


Postar um comentário