quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Golpe do vigário: um jogo de espertos.

Outro dia assisti na TV a um caso de uma mulher que foi fazer uma lipoaspiração em uma clínica e sofreu sérios danos físicos, vindo a falecer logo depois. Bom, a irmã dela já havia sido vítima do mesmo médico e mostrava os sinais no corpo. A clínica era de fundo de quintal, o médico era um ortopedista e pedia 5 mil reais, mas se você oferecesse mil ele topava. Ao estilo, lipoaspiração na minha mão é mais barato, com gritos de camelô em freira livre.
Deixa ver se eu entendi, um médico colombiano (sei lá, acho que é isso), ortopedista, abre uma clínica de fundo de quintal para lipoaspiração, faz uma promoção do tipo um real. Observe que o cara já respondia a uma tonelada de processos na justiça. Bom, aí eu aproveito a promoção e vou tirar minhas banhas no barato.. huuummm
Existe um otário metido a espertalhão nessa história e sei não..... mas acho que não é o médico.
É como aquele cara que comprou um Honda Civic 2006 por 20 mil reais, ficou feliz porque fez um bom negócio até que descobriu que era roubado. Respondeu processo e perdeu o dinheiro. Coitadinho do espertalhão!
Olha só. Eu sou flumineiro (meio fluminense e meio mineiro), dessa forma, sou desconfiado de pai e mãe. Acredito que laranja madura na beira da escada ou está de vez, ou definitivamente, está bichada.
A facilidade excessiva sempre desperta desconfiança. É como aquelas propostas de trabalho que recebemos por e-mail do tipo; “trabalhe em casa, faça o seu horário, tenha uma renda de 4 mil reais por mês sem sair de casa” Pensa bem... Em um país com salário mínino de 400 e poucos reais, se você soubesse de uma maneira de ganhar isso tudo sem sair de casa, fazendo o seu horário, sinceramente, você sairia gritando para todo mundo?
Se a sua resposta é sim...
Muito prazer, Marcelo. Quer ser meu amigo? Por favor, diz que sim...

Em tempo:
Não sou santo, mas se a esmola é demais... Agradeço e dispenso.


17 comentários:

Anônimo disse...

Por essas e outras que eu prefiro me acabar numa academia que passar pela faca!

Laila disse...

Eu não me conformo com esse tipo de gente sem discernimento...
Isso deve ser clássico do país mesmo (embora tenha em qualquer lugar e eu não gosto de generalizar), abusar do tal "jeitinho".
Teve uma amiga minha que passou por isso: ela foi fazer limpeza de pele num lugar que escrevia LIMPESA. Se a pessoa nem sabe escrever o que faz, até parece que tem curso de especialização, certo?
Exatamente. No fim, ficou quase um mês com a pele toda marcada.
Quanto a essas de ganhar dinheiro fácil, de banco ligando dizendo que fui sorteada PARA CONCORRER A ALGUMA COISA, ganhar um cartão especial e o escambau... Acredito mais no Papai Noel que neles. Pelo menos o velhinho me dá presente de verdade.

Wander Veroni disse...

Oi, Marcelo!

Esse é o problema do brasileiro: gosta de levar vantagem em tudo, é uma coisa cultural, sei lá. Quase toda semana aqui em Minas, a Rádio Itaiaia, traz uma matéria desse tipo: de um cara que achou que ia levar vantagem em algo e quando se deu conta tinha caído em um golpe.

O ditado popular é sábio: quando a esmola é demais, o santo desconfia. Não existe trabalho que não dê trabalho. Isso é ilusão! E tem gente que gosta de ser iludido, ou melhor achar que está levando vantagem.

Abraço,

=]
-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Ta cheio de cliníca boca de porco, que faz um serviço "bom", com preço camarada.

Eu mesmo, já vi varios casos de empregos milagrosos, sem necessidade de experiência, muito menos de diploma. E o pior que tem gente que acredita em papai noel e, cai nesses contos do vigário.

Flávia Damato disse...

É o grande mal da "cultura" deste país, seguir, à risca, a lei do menor esforço. Mas, esquece-se do preço pago por isso, muitas vezes com a própria vida.

Cabe, aqui, aquela frase que diz "o barato pode sair caro", e é verdade. E mesmo sendo mostrados casos e mais casos como esses contados no seu post e tantos outros, parece que as pessoas não aprendem. E nisso, o famoso "jeitinho brasileiro" (de fama internacional) vai favorecendo os "espertos" (ainda livres), ao mesmo tempo em que arruína os "otários".

P.S.: Se o que é legal já dá trabalho, imagine o contrário!?
É bom ter todo o cuidado, porque, aqui, temos leis p/ tudo, até p/ tirar criminoso da cadeia (e essa parece a que mais surte efeito). No fim das contas, fica-se o "espelho" como lição da tentativa frustrada da esperteza... Quando se vive p/ isso, claro.

Gabriela disse...

Oi!
Sou 100% mineira e 100% desconfiada, até quando a esmola é de menos eu desconfio. Não acredito em nada que vem muito fácil, porque nada que eu consegui de bom na vida foi fácil.
No caso da mulher da cirurgia, a irmã dela já tinha tido uma má experiência com o médico, então o que ela foi caçar lá? Será que ela achou que nessa vez ele ía errar menos? É o preço que algumas pessoas pagam pela vaidade, pela beleza falsificada, é triste isso!
Acho que ser esperto é uma coisa, achar que é esperto é outra, é preciso aprender a diferença antes de se dar mal.

Abraço.

All3X disse...

Marcelo, iniciei a leitura e pensei que tomaria outros rumos...
Logo me veio à cabeça o caso do recente golpe dado pelo ex-presidente da NASDAQ (acho que é esse mesmo, ou algo do tipo).
Mas o caso é que fiquei espantado ao saber que não só pessoas mais 'humildes' caem em golpes do tipo de investimento pequeno e lucros gigantescos.
Foram vários grandes bancos internacionais e outras grandes afortundos que perderam uma boa grana com o golpe.
Agora me diz, como um banco (que em meu entendimento sabe tudo sobre como rancar todos os trocados de uma pessoa) cai em um golpe assim??
A questão é que é do espírito humano querer levar vantagem às custas dos outros. Mas aprendemos que em certos momentos acabamos não nos dando muito bem.
Valeu,
All3X

Jheferson Henrich disse...

Eu já recebi ou encontrei por acaso na internet ofertas de empregos milagrosos (eu disse por acaso, mas será mesmo o acaso ou tudo faz parte de uma conspiração... ah.. olha eu viajando..hehe). Mas tem pessoas que tem esperanças e, quando você diz que esses empregos não passam de fraudes geralmente de quinta, elas insistem em dizer que talvez não seja. Aí você compara a realidade do país, como foi citado no 'post': "Em um país com salário mínino de 400 e poucos reais, se você soubesse de uma maneira de ganhar isso tudo sem sair de casa, fazendo o seu horário, sinceramente, você sairia gritando para todo mundo?"
... então elas viram pra você e diz: talvez e o povo que desconfia demais e não tenta. Admiro quem tem ingênuidade (até certo ponto), mas adoro e idolatro a sabedoria (mas até certo ponto, se não morro de inveja..hehe).
^^Abraços..o/

Marcus "OROCHI" disse...

Já me ofereceram inúmeros meios de ganhar dinheiro fácil pela net. Curiosamente, todos envolviam passar minha conta bancária, o número do meu cartão de crédito...

Sempre achei que sou uma pessoa ruim demais pra ganhar muito dinheiro, ñ merecia isso, por isso, educadamente sempre recusei... ^^

http://chamandocoringa.blogspot.com/

Alcione Torres disse...

Tem um selo para você no meu blog! Espero que goste!
http://sarapateldecoruja.blogspot.com/2008/12/este-um-blog-indispensvel.html
Abs.

andre disse...

aqui a coisa é a lei de gersom. bonzinho so se fode...mas que nao sabe sacanear...dizem que o mundo é dos expertos...sera mesmo?

Anônimo disse...

E ainda tem louco que vai pra uma clinica dessa. Estas promoções são as piores, só idiota acredita, 4000 reais em casa, ta bom...acredito.

Débora disse...

Assisti esta reportagem também..

É incrível do que as pessoas são capazes pela estética..

Principalmente quando não exige nenhum esforço... se é barato então, demorou!!

Sou farmacêutica, e você não acreditaria na quantidade de pessoas que tomam remédios controlados para emagrecer...

Tem gente que vende receita desses remédios pela internet.. cadê os órgãos competentes pra fiscalizar?


Ninguém quer ter trabalho, e querem resultados imediatos...

Sempre acaba mal, não tem jeito...

Tem gente que só tem cabeça pra segurar os cabelos... afe!


http://tudoqueoferecemos.blogspot.com

Leo Pinheiro disse...

Eu acho que vc fechou com chave de ouro. Se a esmola é muita...

Minha avó já dizia isso. Aliás, ela já ouvia isso da vó dela.

Na verdade as pessoas desconfiam, sabem que estão sendo, de alguma forma, 180 (receptadoras) de algum produto ou serviço ilegal, mas...

Bem, o 'mas' já está explicitado no seu post.

F. Grijó disse...

Mick Jagger vive afirmando que o brasileiro acha-se esperto, mas, na verdade, é tão idiota quanto ele.
Engraçada a constatação para um cara que foi vítima de uma espertalhona gostosa.
Mas é isso.

Alcione Torres disse...

É muitoa ingenuidade ou esperteza, como vc disse. É como a "vidente" que pode te dizer os números da Mega Sena. Se ela sabe, pq não joga e fica milionária? rsrsrs

Vlado disse...

Nossa...devia ter ficado com a barriga...

Ae cara, você fez um comentário no penultimo post que fiz, agora eu terminei, se puder dá uma olhada para ver como ficou a estória, falou, abraço

www.oblogdosrf.blogspot.com