sábado, 31 de maio de 2008

Blogosfera: se bota lona vira circo, se bota muro vira hospício.

Escrever em blogues é expor o que se pensa ao mundo e a todo tipo de doido. Ou você ecoa com o senso comum ou encontra uma maneira de apresentar uma idéia de forma irônica e que leve as pessoas a pensarem o quão estapafúrdias são certas colocações/posições. Um texto sobre falta de fé das pessoas na sua capacidade se superar, vai sempre encontrar um camarada mal resolvido pela frente que vai ver nisso uma apologia ao ateísmo, um semear de descrença e ódio racial, por fim, uma manifestação de homofobia digna de processo jurídico.
Aí é que está o problema: cada pessoa constrói uma interpretação de acordo com o universo em que vive e suas mazelas e frustrações que afloram sob o anomimato da web (aqui posso ser eu, Paulo S., ou P.S. ou mesmo nem ser). É lugar comum, mas digo que a sociedade faz pessoas doentes, uns mais doentes do que os outros (assim como os iguais de Orwell) e, estas, quando não encontram as soluções para os problemas (às vezes, nem o sabem que os têm), vêem o mundo como algo hostil e tudo ameaça o frágil seu equilíbrio. Aí, insiste-se no conflito, no embate, na discussão, na disputa como se aquilo fosse a última fronteira que irá redimi-las e, quem sabe, curá-las. Mas não cura, e prossegue-se doente de blogue em blogue a caminho do elixir da sanidade que irá salvar sua alma. Segue uma busca pelo insano espelho em que projetará o ódio originado em suas frustações. E como dói.
Mas enfim, blogosfera é isso.
***
Situação: textos sobre medidas ilusórias (tom irônico)

- O texto fala sobre o problema das soluções "esparadrapos" de problemas graves.
- Então você é contra soluções... seu fascista!
- Não. Acho que tem que ser definitiva.
- Arrá... então você não suporta crítica...
- Não disse isso.
- Ah, não acha que sou digno de argumentar com você. Só argumenta se for te elogiando... arráá! Conheço seu tipinho...
- Nem pensei nisso. Muito pelo contrário...
- Arrá.. aí vem com ironia... seu canalha!
- Não tô ironizando. Falo sério.
- Arrá, quer dizer que não mereço nem sua ironia... seu homofóbico.
- De onde você tirou isso? Mas você...
- Eu leio nas entrelinhas.. conheço gente da sua laia. O jeito que você me trata diz tudo.
- EU te trato???
- Aí... tá vendo... Se não me trata, você me destrata, seu racista imundo.
- Mas de onde você tirou isso: eu nunca fui ...
- Seu nojento, todo mundo que diz que não é, é porque no fundo, pra mim, é. Conheço o dessa gente. Quem diz que é assume, quem diz que não é omite... seu podre.
- Mas peraí... o texto falava de soluções que são absurdas porque não resolvem...
- Cale a boca, não me censure. Não interessa. Eu te odeio. Odeio todos iguais você...

***
Você tem blogue? Não conhece um? Esquenta não... dias desses você encontra.

Em tempo: Aposto que vai ter comentário de gente dizendo que a critica foi para fulano ou beltrano... Não foi para ninguém, mas carapuça é fogo. Blogosfera é isso. Não ponha lona, nem cerque, por favor.
Se bem que, na atual cirscunstância, eu não sei se saio ou se fico...

32 comentários:

sangue-sugas § disse...

Cara o blog é um lugar que a gente, passa o tempo, a vida se deixar, eu mesmo gosto do blog, pra fazer uma pagina de downloads, pois nao sou de escrever muito sobre a coisas da vida, apesar de gostar de ler sobre elas.
o blog é mais o menos o velho ditado de que se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.
Uso o blog como uma terapia. Passo horas na frente do pc vendo blogs e mais blog e assim passo a vida.

http://mp4pontocom.blogspot.com/
baixe o seu cd preferido ate com internet discada.

Nina Ferreira disse...

Viva a liberdade de expressão!
Eu, como simpatizante da Sociedade Alternativa, digo: "Faça o que tu queres e virarás um fora-da-lei."

^^.

Abraço!

Tati disse...

Marcelo, você leu meu texto com o pronome errado... e isso muda toda a interpretação que há nele (eu fiz um comentário lá pra vc)

E este seu post exemplifica muito bem tudo isso: a gente escreve uma coisa, as pessoas lêem como querem. E aí está a graça disso tudo. Talvez seja por essas e outras que vários livros sejam tão polêmicos.

Anônimo disse...

Opa, concordo com a Guria daí de cima....
sei lá...to me deixando levar pelo Blog...to gostando do ambiente da blogosfera....é legal...mas sem exageros claro!!!!

É um hobby, uma diversão...to adorando compartilhar meus dramas, e até minhas alegrias com gente desconhecida!!!

Mt obrigado pelo seu comentário no meu blog...Fico mt agradecido!!!

Um forte abraço...se cuida!!!!

http://herlkeson.blogspot.com/

Se Liga Jovem disse...

é no blog que você liberta seu pensamento escrevendo e interagindo com outras pessoas!

Muito legal o blog x)

Gustavo Ganso disse...

Marcelo
Sempre há uma maneira de acabar com a iniciativa de alguém. De deturpar (como diz o meu pai) as palavras de outro. Cito como exemplo um filme brasileiro aí que teve muita polêmica, dum tal de José Padilha, a "esquerda" disse que era um filme de "direita" e vice-versa. Se quer fazer sucesso e aparecer no Superpop, seja polêmico. Acho que para criticar não precisa ser polêmico.

Mas já que você gosta de cutucar a onça com vara curta, é bom estar preparado para armar o barraco.

até
Gustavo Ganso

Wallacy disse...

Tem gente que implica com tudo e tem gente que só interpreta as coisas de maneira "rebelde". Isso não é na blogosfera não, é na vida.

Abraço!

madrugada billing disse...

O importante é manter-se fiel à essência do que se quis passar com o texto, à inspiração, à espontaneidade de escrever. Abraço.

Cisco disse...

Só acho que você limitou a funçao do blog, mas foi bem criativo, parabéns mesmo...
Blog é isso, durante toda a minha vida de internet, sempre tive blog's, embora o mais recente so tenha 1 ano, mas blogs ja vieram blogs ja foram... e eu estou aqui!

Parabéns

Abraços
Cisco
http://borarir.blogspot.com/

-=.[B]runOo.=- disse...

N gosto de blogs falando da vida meu area e blog de Goodies Indo

http://blogbybruno.zip.net/

vlw

Matheus disse...

realmente, blogueiro é foda...

na Blog Zona, o papo é mto engraçado...

caras como o Dj Raphael, são gente fina como qualquer um...


visite: www.veiotarado.blogspot.com

Anônimo disse...

Se estamos na semana anti-tabagismo o que faz este senhor com este xarutão na mão incentivando a fumar?

Rosangela disse...

Marcelo suas criticas são ótimas/ edificantes, eu mesma aprendo muito com elas e acho seu blog o máximo por isso mesmo não perco uma só postagem sua.
Parabéns e sucesso para ti!
http://zanny10narede.blogspot.com/

Rosangela disse...

Marcelo seu blog é muito legal, suas criticas são edificantes e isso que importa. Eu não perco uma postagem sua, aprendi muito com elas e ainda quero aprender.
Parabéns aí para vc e sucesso!
http://zanny10narede.blogspot.com/

Hugo Moura disse...

Chamar atenção de leitores para blogs é muito relativo. Vai depender de tema, estilo, bom gosto.

Ironia e Hugo são duas coisas que andam juntas. Porque não tem nada mais tedioso que o comum. Por isso sempre prezo blog que não seja o diário de Anne Frank ou a caçamba a quatro.

Gostei das reflexões. E do texto paranóico. haha!


Até.

Roland Deschain disse...

Blog inteligente, textos bem escritos e que nos fazem refletir. Parabéns! Esses problemas eu encontrava em meu antigo blog quando as pessoas entendiam o que eu nao queria dizer, é bem complicado, às vezes, se fazer compreensível. C'est la vie, non?

Abraços, passe no meu blog!

www.ultimopistoleiro.blogspot.com

Flavitcho disse...

Eu gosto de escrever.
Talvez nem seja tão bom, mas me faz bem. :)

É isso.

Cuidado com os loucos da blogosfera.
:X

Felithy Darkbloom disse...

Achei muito legalo que voce falou, por exemplo tem gente que só dá valor a um texto quando ele relata os dias negros ou felizes,mas sobre a blogosfera acho isso fascinante,todos nós deste meio somos meio loucos mesmo se for parar pra pensar,porque no blog podemos mostrar este lado que fica implicito na maioria das vezes.


Abraço

Anônimo disse...

Achei muito legal a postagem,concordo plenamente







http://angucomtaioba.blogspot.com/

Cleidemar disse...

Dai marcelão...

existem muitos tipos de blog...os que eu chamo de diarinho...os de divulgações,,,,os "piratas" aqueles de download e tal...outros de opiniões ( tem os de impossiçoes tbn),enfim...cada um para uma finalidade....cada um feito para mostar ao mundo uma face mesmo q pequena de seu criador...
eu uso o meu como terapia....adoro escrever e escrevo apenas as minhas opiniões...

me deparei com seu comentario em um de meus textos...e quero dizer-te que concordo com tudo que vc falou ( tanto concordo, que o texto foi feito ), mas vc saiu de lá imaginando (visto pelo seu comentario) que quem falou tudo aquilo foi meu professor. Errado meu caro, ele só fez a pergunta, tudo aquilo foi o que eu respondi em uma folha de papel a ele!

os alunos as vezes podem ter um bom raciocinio logico...

abraços....se achar q deve..pode visitar sempre que quiser,,,

http://blogdocleidemar.blogspot.com/

Lobo disse...

Quem é obsecado por blog só tem um para ganhar dinheiro com o adsense. e essas pessoas não tem o espirito de um blogueiro que interage com outros blogueiros.
Ah e achei interessante aquele diálago, ele julgou o outro de uma forma tão rápida ^^

blog disse...

Blogosfera é a no man's land, é o local onde tudo pode e onde a censura passa longe.
É paraíso dos fakes e refúgio dos solitários. É o ambiente das mazelas, das discussões estéreis, da vaidade insandecida.
E talvez por isso seja bom.

Deixemos, como dizem os Stones, sangrar.

Fábio C. Martins disse...

Eu diria até mais... É um lugar sem dono. Internet, devido ao anonimato, é tudo aquilo que você quer e não pode ter, é tudo o que você pode ser mas não quer. Enfim, é complicada essa "vidinha". Muitos te criticam, mas poucos te ajudam (mesmo criticando). Mas fazer o quê? Liberdade de expressão está aí pra isso, ou não?

Abraços
PS: Obrigado pelos parabéns. Espero que continue visitando, pois é de bons leitores que precisamos, além de serem bons escritores!
__________
Folhetim On Line

Wander Veroni disse...

Oi, Marcelo!

Dar a cara à tapa: vc falou tudo!

É isso que nós blogueiros fazemos qdo postamos nossas opiniões sobre o mundo no blog. Existe mta gente q resolve fazer as suas frustrações ou loucuras de palanque para ofender os outros, sem necessidade.

Gosto do seu blog pq vc sempre faz uma avaliação reflexiva sobre a nossa querida blogsfera e seus usuários...hehehe...rs

Em tempo: adorei a enquete, votei e recomendo todo mundo a votar!

Extermínio de comentários idiotas na blogsfera!

Abcs,

=]
__________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Euzer Lopes disse...

No último dia 25, eu prestei um concurso aqui em Bauru. Estavam profissionais de rádio e TV, jornalismo e relações públicas.
Uma vez, com um grupo de estudantes de jornalismo, que falavam da liberdade de imprensa, cairam na besteira de perguntar minha opinião. E eu disse "não existe liberdade de imprensa em lugar nenhum do mundo. Você pode dizer o que quiser, desde que sua opinião seja a mesma do dono do jornal, da revista ou da TV que você trabalhe. Se você quiser liberdade para expressar o que tenha vontade, funde uma emissora de TV, um jornal, uma revista ou tenha um blog ou site na internet. E arque com as conseqüências de suas palavras". Pra que? O mundo caiu. Fui taxado de fascista, nazista, retrógrado, alienado, contaminado pelo sistema, e tal. Eram estudantes. Preferi ficar quieto - afinal, tenho quase 40 anos de vida e mais de 20 como profissional (eles, em sua maioria, nunca trabalharam, eram sustentados pelos pais).
Aí, conseguiram emprego e foram procurar trabalho em Rede Globo, Folha, Estadão... Conseguiram alguns frilas para assessoria de imprensa (quando estudantes, odiavam assessoria por julgá-la "chapa branca dos clientes").
É a vida... Quando se estuda acha que vão mudar o mundo com suas idéias. Quando caem na vida profissional, percebem que todo mundo os fez mudar de idéia.
Enfim, hoje, tenho um blog. Escrevo o que quero, leio comentários elogiosos e críticos. E quando uma crítica tem sentido, ela é válida. Quando ela é apelativa, que mostra mais uma dessas manifestações de recalque, frustração, ou simplesmente um capricho bobo de adolescente de querer impor sua opinião ridícula contrária só pelo esporte do "si hay una unanimidad, soy contra", então eu simplesmente a ignoro. Justamente por não ter nenhum embasamento racional sobre o que foi colocado em discussão.

Net Esportes disse...

rapaz que viajada bonita aquele diálogo ali hein !!!! mas realmente ocorre, acho que não só na blogfera, mas esse ambiante talvez propicie mais isso, o bom senso poderia evitar esses desentendimentos...............

Ricardo Moreira disse...

Ouvir é dificil... Hoje todos querem ser ouvidos, vistos, lidos...
A blogsfera é repleta de pessoas que visitam blogs afim de serem vistas, todos querem ter o blog do momento. Só que esses blogueiros ao se depararem com um texto de 20 linhas, desistem da leitura dizendo não terem tempo, não gostarem de ler...
Putz o cara tem um blog e não gosta de ler...
Isso quando não, ele até dá uma lida mas a pressa é tanta em voltar e ver se houve retorno no comentário anterior que nem sabe o que leu após terminar.

Lomyne disse...

Primeiro, cresci com meu pai dizendo da nossa casa o que você diz da blogosfera: lona, muro, talz. Deve ser por isso que fico tão à vontade na blogosfera.

Segundo, os usuários são problema. Pergunte para qualquer um que trabalhe com informática qual o problema mais freqüente num computador e ele vai te dizer que é aquela pecinha instalada entre o teclado e a cadeira.

Terceiro, as pessoas aprenderam que informação na internet é altamente descartável, elas lêem totalmente por cima. Em blog então, pior ainda, porque as pessoas só visitam outros blogs para atrairem acessos aos seus.

Quarto, eu estou na blogosfera há seis anos, quase todo mundo do meu tempo parou. Porque não tem saco com o usuário médio (na maioria dos casos, uma anta). Nestes seis anos, vi a cultura média dos usuários diminuir significativamente, hoje mesmo eu tive que explicar quem era Staypuft! Há umas semanas atrás, um mané resolveu dar chilique me chamando de homofóbica num comentário. Há seis anos, eu teria mandado para a putaquepariu, mas como o nível médio de compreensão de orações subordinadas diminuiu, lá fui eu ser paciente e mandar o leitor prestar mais atenção...

Quinto, se alguém ler este comentário, sou capaz de apostar que vai ao meu blog me tacar a boca, o que só reforça minha teoria, porque como você mesmo disse, a carapuça é fogo.

Se um dia você for começar a cobrar para colocarem comentário aqui, espero que não cobre por palavra, porque se cobrar eu to fudida...

p.s.: to gorda, a carapuça não me serviu...
p.s.2: desculpa os palavrões... é que se não xingare as hipérboles não funcionam tão bem quando deveriam...

Lomyne disse...

Marcelo... me ajuda a divulgar uma campanha super importante? É meu post de hoje, quarta-feira.

Gustavo Ganso disse...

Ai meu Deus, não atualizou!
O que eu faço? O que?!

Felipe disse...

Rapaz, desculpa, mas achei esse diálogo meio fraco e raso.
Eu tô nesse esquema de blog tem muito tempo e eu vi só 5% do que você escreve todo dia.

Será que a blogosfera é tão cruel com algumas pessoas assim?

Alcione Torres disse...

kkkkkkkkkkkk
Muito bom isso! A carapuça não me serviu!

http://sarapateldecoruja.blogspot.com/